Ano Sabático Padre Ademir Zanarelli


Para evitar qualquer mal entendido, escrevo brevemente o momento que viverei no próximo ano ou próximos anos que é o ano sabático que é um direito de todos, empresários, comerciantes, pessoas quaisquer e inclusive os padres.23
Ano sabático é bíblico sobre a terra, de seis em seis anos ela deve ficar uma no em descanso; o Genesis narra que tudo foi feito em seis dias e no sétimo houve o descanso divino.

Assim após completar 25 anos de sacerdócio e não havendo possibilidade alguma da parte do bispo em permanecer mais um ano na paróquia Senhor Bom Jesus fiz meu pedido do ano sabático.

Entendam, não significa deixar de ser padre, mas dar uma pausa e nesta pausa que não significa um ano de férias, mas um tempo favorável para mergulhar na interioridade e com certeza rever muitas coisas, sair do automático que nos torna muitas vezes insensíveis a outras tantas coisas e nos estressa com facilidade.

Será o tempo para me reencontrar com meus talentos, dons, minhas raízes e dar asas àquilo que está no íntimo, na alma e que salta aos olhos, mas que o ritmo usual não permite expressar plenamente.

Este ano me auxiliará a reconectar com os propósitos mais elevados que trago onde o trivial acaba sufocando.
Será um momento de renovação, introspecção, novas experiências, novos ares, novos horizontes, isto requer novos ambientes, novos desafios por isso causa assombros sim, mas Deus está no comando.

Desta forma, pois, exercerei o ministério não como pároco, mas como é público e notório com meus trabalhos de Arte Sacra e Espaço Litúrgico e terei este ano para aprofundar conhecimentos teóricos e práticos e continuar colocando-os a serviço do anúncio de Jesus Cristo e do Reino, pois a Arte Sacra tem um poder esplêndido de Evangelização e o Reino não ocupa lugares ou espaços limitados.

Nosso viver é breve e ele precisa estar carregado de sentido e realização com o que trazemos de bom e talentoso e que não podem ficar guardados ou escondidos, mas multiplicados e para isso um tempo maior de dedicação.

Continuemos unidos na fé, oração, alegria e amizade, vida que segue.